Barra Bonita > Livro - 100 anos de histrória

A INSTALAÇÃO DA LUZ ELÉTRICA, ACTA DA PRIMEIRA SESSÃO EXTRAORDINARIA

A INSTALAÇÃO DA LUZ ELÉTRICA
2 DE AGOSTO DE 1913


O ano de 1913 foi marcado por outra brilhante conquista: a substituição dos lampiões a querosene, já considerados ultrapassados, pela luz elétrica. A Câmara Municipal muito se empenhou para esse objetivo, e a Empresa Força e Luz do Jahu iniciou, em 1912, a construção da Sub-Estação de Campos Salles.
A rede elétrica teve como responsável pela sua instalação o Sr. Gabriel Bombonatto e no dia 1º de agosto de 1913, na sessão da Câmara Municipal, foi lido o ofício da mencionada Empresa, comunicando que, as instalações para iluminação pública da cidade estavam terminadas, solicitando marcar a data da inauguração.
Pelos registros nas atas, há que se destacar a objetividade daqueles pioneiros. Para uma obra tão importante, um verdadeiro marco de progresso na história do município, nenhuma programação, ou festividade. Apenas, e tão somente a entrega do benefíicio ao povo no dia seguinte, de acordo com a sugestão do Vereador Antonio Reginato, aprovada por todos.
Assim, no dia 2 de agosto de 1913, a Câmara se reuniu "extraordinariamente às 6 e meia horas da tarde, para o fim especial de inaugurar a iluminação pública pelo sistema de eletricidade".
Melhor do que qualquer comentário, nada mais justo do que transcrever a manifestação vibrante e emocionada do Vereador e Prefeito João Baptista Pompeu sobre esse memorável acontecimento, bem como as palavras dos demais oradores presentes, conforme ata lavrada às folhas 11 e 12 do livro 1: 

ACTA DA PRIMEIRA SESSÃO EXTRAORDINARIA

AOS DOUS DIAS DO MEZ DE AGOSTO DE MIL NOVECENTOS E TREZE nesta cidade, no edificio municipal, pelas seis e meia horas da tarde, presentes todos os vereadores, Snrs. Majores Antonio Barbosa de Macedo, João Baptista Pompeu, Dr. Francisco Rodrigues do Lago, Angelo Battaiola, Antonio Reginato e Carlos Lourenção, foi pelo Snr. presidente aberta a sessão e declarando, que havia convocado esta (sessão) extraordinaria, ESPECIALMENTE PARA INAUGURAR A ILUMINAÇÃO PUBLICA PELO SYSTEMA DE ELETRICIDADE, e prezente se achava o Snr. Sebastião Teixeira de Carvalho, reprezentando a Empresa Força e Luz de Jahú, que vinha entregar o serviço; disse mais o Snr. presidente, que entre as pessoas convidadas para assistir esta solennidade, achava-se prezente o distincto advogado Dr. Orozimbo Augusto de Almeida Loureiro, e muito digno presidente da Camara Municipal de Jahú, pelo que nomeava uma commissão composta dos vereadores Dr. Lago e Pompeu para convidarem e acompanharem o illustre cidadão a tomar assento junto a presidencia; terminada esta incumbencia, o Snr. presidente declarou que daria a palavra ao vereador que quizesse uza-la tendo pedido o vereador Pompeu, que disse em concizas palavras, congratular-se com o povo pelo grande melhoramento que iriam gozar, qual seja da illuminação eletrica; que sendo o mais antigo habitante desta cidade, sentia-se jubiloso por ver que apezar de moroso, os alicerces do progresso estavam solidamente construidos, e que d'ora em diante o dezenvolvimento de Barra Bonita teria de caminhar a passos agigantados, terminou pedindo ao reprezentante da Empresa Força e Luz, que mandasse abrir a corrente eletrica, afim de ser a cidade, e tambem este recinto illuminado, o que se verificou instantes depois, debaixo de estrepitosa salva de palmas; feito silencio, pediu a palavra o illustrado advogado Dr. Orozimbo Loureiro, e disse que Barra Bonita ia receber um melhoramento tão importante que até o momento só as cidades abastadas eram dadas gozar, que a Camara Municipal da qual era presidente, havia iniciado esta obra, pois carinhosa com os districtos seus tributarios procurava repartir os beneficios do progresso, e elle se ufanava de ver essa obra realisada, porque lhe tocava de perto particularmente, pois como fazendeiro aqui tinha os seus haveres, e por tanto muito o interessa o progresso desta terra, pelo que saudava a Camara Municipal, augurando todas as prosperidades de que Barra Bonita é merecedora. Tendo a Empresa Força e Luz offerecido Champagne a Camara Municipal foi por essa ocasião pedida a palavra pelo vereador Dr. Rodrigues do Lago, que em phrases repassadas de patriotismo, disse que de Norte a Sul, e de Leste a Oeste, reinava confuzão, nos horizontes politicos (do Brazil) e que em quanto isso se passava, aqui neste recanto do estado de S.Paulo, fazia-se a luz que vinha clarear a estrada pela qual deviamos enveredar, cuidando dos melhoramentos indispensaveis, á que esta cidade tem direito porque tem vida exuberante; levantando a sua taça saudava o Municipio, bem como os prezentes que vieram abrilhantar o acto da inauguração da luz eletrica. Ninguem mais pedindo a palavra, o Snr. presidente encerrou esta sessão extraordinaria DECLARANDO INAUGURADA A ILUMINAÇÃO PUBLICA, e mandou que eu João Baptista Pompeu Secretario interino, lavrasse a prezente que sendo lida e achada conforme vae por todos os vereadores assignados. aa) Dr. Francisco Rodrigues do Lago, Antonio Reginato, Angelo Battaiola, João Baptista Pompeu.

A Empresa de Força e Luz do Jahu, concessionária do serviço, aqui funcionou durante muitos anos em vários prédios alugados, até que, em 23 de julho de 1966, através da Lei nº 491, sancionada pelo Prefeito Dr. Clodoaldo Antonangelo, o município doou o terreno para a construção do prédio próprio da Empresa, já denominada Companhia Paulista de Força e Luz, inaugurado à Rua Rio Branco nº 472, em 8 de agosto de 1968, ainda na administração do Dr. Clodoaldo Antonangelo (Dr. Tatinho). (*)
(*) Jornal da Barra Nº 44

 
(Página 27)
 
< Anterior Próxima >

 
| PÁGINA INICIAL
| Prefeitura
| Secretarias
| Indicadores Municipais
| Notícias
| Editais e Licitações
| Gastos Públicos
| Legislação Municipal
| Área turismo
| TV Prefeitura
| Links úteis
| Serviços Online
| Ouvidoria


Prefeitura da Estância Turística de Barra Bonita - Pça. Nhonhô de Salles, 1130 - Cep 17340 - 000 Tel. (14) 3604 - 4000