Barra Bonita > Livro - 100 anos de histrória

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA PONTE PRETA

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA PONTE PRETA
FUNDADA EM 1956
SEDE PRÓPRIA INAUGURADA EM 23/12/1967
IDEAL PONTE CLUBE - A PARTIR DE 3/11/1973

A "Ponte Preta" começou modestamente, disputando o futebol, conquistando vitórias e troféus, sempre com o apoio de sua entusiasmada torcida. Para motivar suas campanhas populares, com vistas e construção da sede social, criou o slogan "Ajude o pequeno a crescer", conseguindo a adesão total dos mais diversos setores da nossa comunidade, projetando-se como uma das mais conceituadas agremiações sócio-esportivas locais, pelo sempre crescente número de associados e pelo seu valioso patrimônio, orgulho dos "canarinhos" e barra-bonitenses.
O testemunho dessa projeção está nas declarações do ponte-pretano não identificado, que se escondeu sobe pseudônimo de "Bico-Preto", as quais foram publicadas pelo "Jornal da Barra" nº 12 de 23 de dezembro de 1967, quando da inauguração da sede social e piscinas em área doada pela Usina da Barra S/A Açúcar e Álcool, em 18 de julho de 1962, com um total de 3.624 m², à Rua Prudente de Morais nº 511.
A seguir, a transcrição do texto, precedido da notícia da inauguração:


PONTE PRETA INAUGURADA. BARRA BONITA GANHA MAGNÍFICO PATRIMÔNIO
A inauguração oficial da A.A. Ponte Preta, hoje às 20 hs, é motivo de contentamento para toda cidade que passa a contar com um clube de acordo com o progresso e as necessidades de Barra Bonita. Mais ainda a cidade passa a ter a sua primeira piscina clubística - fato que, por si só já é motivo de satisfação para todos nós. Com os nossos parabéns à simpática agremiação canarinha, apresentamos a seguir, as considerações do colaborador "Bico Preto" que conhece de perto a vida e história da A.A. Ponte Preta:
"Hoje, 23 de dezembro, a cidade recebe um presente de Natal com a inauguração da sede social da agremiação canarinha. Para o "Dia de Reis", ou seja, 6 de janeiro, será entregue aos sócios, o conjunto aquático, o cartão de visita da cidade-turismo.
Para que tudo fosse realidade, houve muita luta e trabalho de um punhado de homens que acreditaram no: "ajude o pequeno a crescer" e o pequeno cresceu e hoje já é gigante. Gigante nas obras patrimoniais e no coração de cada ponte-pretano. Tudo começou do sonho de um moço, José da Costa e Oliveira que queria dotar Barra Bonita de uma praça de esportes, de um clube de remo, de um quadro de futebol, à altura de seu nome. O moço foi embora mas seu ideal permaneceu. Permaneceu em Demétrio Quaglia, em Omir Ferreira Zambello, em Wílson Silveira de Moraes, em Narciso Teixeira e agora em Joaquim Franco da Silva. Não poderíamos esquecer os nomes de Wilson de Souza Dias, Harrisson Arradi, Alberto Cescato, José Carlos Lourenção, Walter de Souza Munduruca, Romildo Gonçalves (Roma), Elias Nahás e tantos outros, teríamos que lembrar dos sorteios do "Dauphine" e do "Gordini" que tiveram em João Batista da Silva, Orlando laia, Gastão Cezar de Mattos e Celso Orlando Paggiaro, seus baluartes. Quem não se lembra do timinho do Dangió, dos "pretinhos" de Jaú, do esquadrão do campeonato, da heróica jornada no Pacaembu, das partidas com a Ferroviária, XV de Jaú, Botucatuense, XV de Piracicaba, Ourinhos, etc..
Nosso jornal seria pequeno demais para citar todos os nomes que tornou realidade o sonho de "Zé Goiano". Barra Bonita recebe hoje a luta e o sacrifício de muitos anos. De muitos batalhadores, com a inauguração da sede canarinha: Parabéns Ponte Preta. (*)

Assim termina o relato do "Bico Preto", mas não a história do clube que, a partir de então, passou a concentrar suas atividades na recreação e lazer de seus associados nos setores social e esportivo. Com a inauguração do conjunto aquático, em 3 de fevereiro de 1968, o futebol, que anteriormente era o "forte" do clube, foi substituído pela natação, proporcionando o surgimento de inúmeras revelações em competições locais, regionais e, também, a nível estadual, onde os representantes "canarinhos" foram destaques.
No carnaval, além da animação dos bailes, a sensação maior ficou por conta da Camisa Amarela, a primeira Escola de Samba da cidade a "saudar o povo e pedir passagem", uma iniciativa do saudoso Romildo Gonçalves (Roma), apoiada pelos foliões, dr. Orlando Lopes e Benedito Mello Dias integrada, por associados e simpatizantes canarinhos, cuja "Comissão de Frente", composta por: Divo Bombonatto, Ogmar dos Santos (Bimbo) e Paulo Marconi, ficou famosa pelo carisma e simpatia desses foliões. Em 3 de novembro de 1973, deu-se a fusão com o Ideal Clube, passando a denominar-se "Ideal Ponte Clube". Era presidente da diretoria da Associação Atlética Ponte Preta, o professor Wilson de Souza Dias, o Ideal Ponte Clube será focalizado nas páginas seguintes.
 


23/12/1967 - Inauguração da Sede social da
A.A. Ponte Preta. A partir da esquerda, fundadores e diretores: Demetrio Quaglia, Narciso Teixeira, Iolando Morsoletto, Celso Orlando Paggiaro, Joaquim Franco da Silva, Dr. Orlando Lopes e Wilson Souza Dias (de costas), durante a benção das instalações, pelo cônego Rubens Spinola (encoberto).


1961 - A equipe de futebol "Canarinha", exibindo-se
no estádio Pacaembu-SP, derrotando o América do
Itaim por 3x1. Em pé: Armando Del Debio, Pedrola,
Odelar, Duda, Mingão, Pilão, Toni e Arthur. Agachados:
Ru, Zé Maria, Emilinho, Airton e Barufa.

(*) Em reconhecimento à dedicação e aos relevantes serviços prestados ao clube, a Praça de
Esportes da Associação Atlética Ponte Preta recebeu em 7 de outubro de 1972, a denominação de JOAQUIM FRANCO DA SILVA, seu ex-presidente, falecido aos 8 de fevereiro de 1972, tendo sido descerrada placa por dona Dalva Gonçalves Franco da Silva, esposa do homenageado (Jornal da Barra nº 255 de 7/10/72).
Obs.: Não foram localizados os livros da A.A. Ponte Preta referentes a fusão com o Ideal Club em 3 de novembro de 1973.

 
(Página 93)
 
< Anterior Próxima >

 
| PÁGINA INICIAL
| Prefeitura
| Secretarias
| Indicadores Municipais
| Notícias
| Editais e Licitações
| Gastos Públicos
| Legislação Municipal
| Área turismo
| TV Prefeitura
| Links úteis
| Serviços Online
| Ouvidoria


Prefeitura da Estância Turística de Barra Bonita - Pça. Nhonhô de Salles, 1130 - Cep 17340 - 000 Tel. (14) 3604 - 4000