Barra Bonita > Livro - 100 anos de histrória

A MORTE DO EX-PRESIDENTE CAMPOS SALLES, ACTA DA OITAVA SESSÃO ORDINARIA

 

A MORTE DO EX-PRESIDENTE CAMPOS SALLES
28 DE JUNHO DE 1913
 
A participação do notável líder político Dr. Manoel Ferraz de Campos Salles na história de Barra Bonita, merece registro especial. Em páginas anteriores constatamos o pioneirismo de Campos Salles que, ao lado de Salles Leme, de quem era tio e cunhado, aqui foi proprietário de grandes áreas de terras para o cultivo de café, mesmo antes da fundação do povoado.
Posteriormente adquiriu as Fazendas Santa Maria e Fortaleza no Bairro da Estação de Campos Salles, assim denominado em homenagem ao destacado homem público, Presidente da República no período de 15 de novembro de 1898 a 15 de novembro de 1902.
Atuando nas altas esferas do Governo do Estado e da União, liderou todas as iniciativas em prol de desenvolvimento desta terra, culminando com a criação do município em 14 de Dezembro de 1912.
Recortes de jornais de 1911 e 1912 noticiavam que o "ex-Presidente da República Campos Salles encontra-se em sua Fazenda Santa Maria em Barra Bonita e ficará até maio para o início da colheita do café."
De sua fazenda ele vinha a cavalo até a vila, como um cidadão comum, para cortar barba e cabelo na barbearia do Sr. Francisco Mascaro, na Rua 1º de Março, hoje residência da Família Mascaro.
Para a grande maioria dos barra-bonitenses, a marca do Estadista está em sua obra mais visível que é o próprio símbolo da cidade, e a qual, por justa homenagem, leva o nome de seu grande batalhador: PONTE CAMPOS SALLES.
Campos Salles faleceu aos 72 anos (nasceu em Campinas a 13/2/1841), e sobre sua participação na nossa história, falam os registros constantes da ata de 1º de julho de 1913, da sessão ordinária da Câmara Municipal de Barra Bonita, lavrada pelo Vereador e Prefeito Major João Baptista Pompeu, cujo texto transcrevemos, na íntegra e na ortografia da época: 
 
 
ACTA DA OITAVA SESSÃO ORDINARIA
Ao primeiro dia do mês de julho de mil novecentos e treze, nesta cidade, no edifício Municipal pelas doze horas do dia, prezentes os vereadores Majores, Antonio Barbosa de Macedo, João Baptista Pompeu, e Dr. Francisco Rodrigues de Lago, e Carlos Lourenção, e Angelo Battaiola, faltando com motivo justificado o vereador Antonio Reginato, verifica-se haver numero, pelo que o Snr presidente abre a sessão, fazendo ler a acta anterior que foi aprovada e assignada; passando-se ao expediente, não havendo nenhuma leitura a fazer, o vereador Pompeu, pediu a palavra, e sendo-lhe concedida, fez saber a casa que na madrugada de vinte oito de junho p.passado pelas tres horas da manhã, falleceu no Guarujá - praia de banhos de mar, perto de Santos, o grande homem, que em vida chamou-se Dr. Manoel Ferraz de Campos Salles, figura politica de destaque não só no Brazil, como acatado pelos extrangeiros que sabiam avaliar os seus meritos de diplomata e administrador, esse homem que foi sempre o maior enthusiasta desta terra porque aqui tinha a sua fazenda de café, trabalhou sempre para o progresso desta cidade, e o seu desapparecimento, é um vacuo difficil deprehencherse e diante dessa catastrophe, requeria que se telegraphasse ao Exmo. Snr. Coronel Virgilio RodriguesAlves, para representar esta camara nos funerais, que se mandasse collocar uma corôa com o distico: homenagem da Camara Municipal de Barra Bonita, e que se officiasse a viuva do malogrado servidor da Patria nos seguintes termos. Exma. Snra. Anna Gabriela de Campos Salles. A Camara Municipal em sua sessão de hoje deliberou a requerimento do vereador João Baptista Pompeu, que se inserisse na acta offlciando a V.E. O seguinte: "A Camara Municipal conipungida com o tranze doloroso que V.E. está soffrendo pelo inesperado acontecimento do desapparecer da face da terra, o seu extremecido esposo o homem a quem Barra Bonita tudo deve no desdobramento de suas phases politicos-administrativas (sendo o seu ultimo acto, a creação de Municipio) não pode silenciar a dor que lhes cauzou ao receber a infausta noticia e enterpretando o sentir justo dos habitantes deste Municipio vem manifestar a V.E. e seus amados filhos o seu profundo sentimento não só pela perda irreparavel do espozo amado e pae exemplar, como tambem do homem politico que tendo sido um dos apostolos da Republica foi um dos seus mais dedicados servidores, e finalmente, em signal de pezar ao grande morto, que se levantasse a sessão". O Snr. Presidente depois de ouvir atentamente, submeteu a consideração da casa, o que vinha de ser requerido, sendo plenamente aprovado, digo unanimemente aprovado, pelo que encerrou-se os trabalhos. Eu João Baptista Pompeu, secretario interino, a escrevi e sendo lida foi aprovada.
 
(aa) Antonio Barbosa de Macedo
João Baptista Pompeu
Angelo Battaiola
Dr. Francisco Rodrigues de Lago
Antonio Reginato 
 
Fontes: Recortes Juvenal Pompeu
Livro de Atas nº 1 da Câmara Municipal
 
(Página 26)
 
< Anterior Próxima >

 
| PÁGINA INICIAL
| Prefeitura
| Secretarias
| Indicadores Municipais
| Notícias
| Editais e Licitações
| Gastos Públicos
| Legislação Municipal
| Área turismo
| TV Prefeitura
| Links úteis
| Serviços Online
| Ouvidoria


Prefeitura da Estância Turística de Barra Bonita - Pça. Nhonhô de Salles, 1130 - Cep 17340 - 000 Tel. (14) 3604 - 4000