Barra Bonita > Livro - 100 anos de histrória

A ELEVAÇÃO A MUNICÍPIO

 

A ELEVAÇÃO A MUNICÍPIO
 
LEI Nº 1.338 de l4 de Dezembro de 1912.
Crêa o município de Barra Bonita, na Comarca de Jahú. 
 
O Doutor Francisco de Paula Rodrigues Alves, Presidente do Estado de S. Paulo.
Faço saber que o Congresso Legislativo decretou e eu promulgo a lei seguinte:
Art 1º - É creado o município de Barra Bonita, com sede na povoação do mesmo nome, pertencente á Comarca de Jahú, com as mesmas divisas do respectivo districto de paz, creado pela Lei nº. 459, de 26 de Novembro de 1896.
Art. 2º - Revogam-se as disposições em contrário.
O Secretario de Estado dos Negocios do Interior assim a faça executar.
Palacio do Governo do Estado de S. Paulo, 14 de Dezembro de 1912.
FRANCISCO DE PAULA RODRIGUES AL VES
AL TINO ARANTES
 
Publicada na Secretaria de Estado dos Negocios do Interior, em 16 de Dezembro de 1912. - O Director-Geral.
 
CARLOS REIS
 
Esta talvez tenha sido uma das mais importantes conquistas de Barra Bonita. Nada mais justo que comemorar o acontecimento, no qual os barra-bonitenses deram vazão ao seu entusiasmo nos festejos realizados no dia 21 do mesmo mês, conforme reportagem feita pelo jornal "O Commercio do Jahú", na edição n.º 460 de 25 de dezembro de 1912, que transcrevemos na íntegra para que todos os leitores possam retornar no tempo e no espaço, e se transformarem em participantes dessa grande manifestação popular, em regozijo à conquista da cidadania barra-bonitense:
 
 
Barra Bonita
"A sua elevação à categoria de município. Os grandes festejos promovidos naquella localidade em regosijo ao Decreto da Lei nº 1.338. No dia 21 do corrente, a população de Barra Bonita comemorou de um modo condigno a declaração da lei nº 1.338 que eleva aquelle dístricto de paz á categoria de municipio.
Assim é que foi organizada uma commissão composta de distinctos cavalheiros afim de dirigir os festejos.
Na madrugada daquelle dia houve alvorada, pela banda de musica acompanhada de foguetes e baterias.
Ás 2 horas da tarde já era impossivel o trânsito pelas ruas centraes, isso em virtude da grande aglomeração de povo que alli se acotovellavam, formando assim, um verdadeiro e compacto mar humano.
Ás 3 horas a commissão promotora dos festejos partiu do Hotel Mantovani, acompanhada da banda de musica, ao estrugir de foguetes, em direção á residencia do Major João Baptista Pompeu, onde se reuniu um grupo de gentis senhorinhas que fizeram guarda de honra ao pavilhão nacional, tendo ao fundo a commissão dos festejos e em seguida a banda de musica e uma grande multidão.
O prestito partiu da residencia do Major João Baptista Pompeu, percorrendo as principais ruas de Barra Bonita.
Durante o trajeto foram levantados enthusiasticos vivas á autonomia de Barra Bonita, ao presidente do Estado de S. Paulo, ao Coronel Dr. Rodrigues Alves, General Campos Salles, Drs. Luiz Piza, Vicente Prado e Salles Junior.
A Câmara Municipal de Jahu foi tambem saudada pelo desprendimento com que facilitou o direito da maioridade.
Em frente á residencia do capitão Paulo de Souza, o prestito estacionou e, uma das janellas assomou, aquelle cavalheiro, que recitou uma bellissima poesia de sua lavra e alusiva ao acto, sendo muito applaudido.
No estabelecimento commercial dos Srs. Lourenção & Irmão, fez uso da palavra o Sr. Bruno Romano, que em magnifico discurso prognosticou os beneficios que a futura camara trará áquella localidade.
Chegado o prestito á frente da residencia do Sr. Dr. Francisco Rodrigues do Lago, este illustrado facultativo, em bellissimo improviso, fez a apologia de Barra Bonita e, perorando, saudou os marinheiros impavidos que irão dirigir a nau que lhes vae ser confiada, visto como o mar cheio de escolhos e cachopos e ainda desconhecido, só agora poderá ser singrado, e só com o perpassar do tempo, esses marinheiros irão assignalando os pontos perigosos para os vindouros.
Ao terminar, S.S. foi applaudido e cumprimentado.
Terminada a passeata, foi no Hotel Mantovani, servida cerveja em profusão a todas as pessoas, sendo offerecidos ás graciosas senhoritas que abrilhantavam o prestito com sua presença, finissimos licores.
À noite, o incansavel e progressista cavalheiro Sr. Francisco Mascaro, exhibiu excellentes fitas cinematrographicas, dedicando esse espetaculo á commissão promotora dos festejos.
Ás 10 horas da noite, com CHAVE DE OURO, realizou-se na residencia do Major João Baptista Pompeu, a pedido de diversas senhorinhas, um animadissimo saráu, que se prolongou até a madrugada do dia seguinte.
Pelo convite com que fomos distinguidos, somos immensamente gratos, endereçando daqui os nossos parabens á futura camara de Barra Bonita."
Terminava o ano de 1912, e com ele a luta vitoriosa, dos barra-bonitenses e daqueles que, pelo lugar, demonstraram um sentimento que muito mais tarde lhe serviria de cognome: SIMPATIA.
 
(Página 24)
 
< Anterior Próxima >

 
| PÁGINA INICIAL
| Prefeitura
| Secretarias
| Indicadores Municipais
| Notícias
| Editais e Licitações
| Gastos Públicos
| Legislação Municipal
| Área turismo
| TV Prefeitura
| Links úteis
| Serviços Online
| Ouvidoria


Prefeitura da Estância Turística de Barra Bonita - Pça. Nhonhô de Salles, 1130 - Cep 17340 - 000 Tel. (14) 3604 - 4000